Agencias de Modelos, Top Models, Celebridades – O seu portal de informação
Show MenuHide Menu

Personal stylist dá dicas para arrumar a mala perfeita para o verão

janeiro 16, 2016

Antes de tirar as peças do guarda-roupa, faça uma lista do que pretende levar (Foto: Thinkstock)Antes de tirar as peças do guarda-roupa, faça uma lista do que pretende levar (Foto: Thinkstock)

Imagine… Quase todas as peças do seu guarda-roupa estão em cima da cama, vários pares de sapato no chão, uma mala vazia ao lado e um certo desespero ao pensar no que fazer com tudo aquilo. Já viu esta cena antes? A gente também! Contamos o dia para as férias chegarem, mas quando a viagem se aproxima bate aquela preguiça de escolher os looks que vão junto. Para facilitar a sua vida, conversamos com a personal stylist Fernanda Resende, da Oficina de Estilo, que deu dicas ótimas para colocar em prática já nessas férias de verão!


A primeira lição: foi-se o tempo de viajar com malas imensas, cheias de peças para ainda perder o precioso tempo das férias escolhendo os looks, com aquele conhecida sensação de não ter nada para vestir. Segundo Fernanda, levar muita roupa com peças descoordenadas é um dos erros mais comuns na hora de viajar. O segredo para uma mala inteligente, sem exageros e com ótimas produções é planejar e escolher peças versáteis. Independentemente do tempo da viagem, a organização faz toda a diferença na hora de selecionar as peças que serão levadas. A ideia é que elas combinem ao máximo entre si. Coordenar peças, enxugar a mala e ainda facilitar a sua vida nos dias de sossego é mais fácil do que você imagina. A personal stylist mostra como.


FAÇA UMA LISTA
Uma boa mala começa no papel. Você só deve tirar as peças do guarda-roupa depois de ter anotado tudo que pretende levar. Especifique e enumere cada peça escolhida e já marque o que combina com o quê. As roupas só saem do armário quando esta lista estiver pronta.


ESCOLHA APENAS O QUE JÁ USA
Não inclua uma roupa que você não usa com frequência. Sabe aquela peça que você comprou pensando na viagem ou que guarda há um tempão no armário, mas nunca encontrou uma ocasião para usar? Ela também não vai na viagem. “As pessoas acham que, magicamente, em outro lugar que não seja a sua cidade, ela vai funcionar. Se não funciona na vida, não funciona no outro destino também”, diz Fernanda. De acordo com a personal stylist, a gente só deve colocar na mala o que já ama e usa muito.


LEVE MENOS PARTE DE BAIXO E MAIS PARTE DE CIMA
A matemática é simples. Você calcula uma parte de baixo para cada duas partes de cima. “A gente consegue versatilizar mais os looks mudando o que está perto do nosso rosto, que é o que marca mais”, afirma Fernanda. Usar a mesma parte de baixo chama menos atenção do que usar a mesma parte de cima. Pensando assim, você pode levar três partes de baixo (para um fim de semana ou feriado) ou seis partes de baixo (para uma semana a dez dias de viagem) e o dobro disso em partes de cima. Lembrando que parte de cima não é só blusa, também contam colete, jaquetinha…


VARIE A PARTE DE BAIXO
A ideia é pegar uma peça de cada estilo, como: uma saia, um short e uma bermuda.” A variedade é o segredo, não a quantidade”, destaca Fernanda.


VESTIDO CONTA COMO PARTE DE BAIXO
É importante pensar que vestido rende menos, pois é peça única. Como a ideia aqui é maximizar as coordenações das peças, vestido é o que menos precisa ter na mala. Isso não significa que ele deve, necessariamente, ficar de fora. “Vale escolher um vestido que dê para usar de pelo menos dois jeitos diferentes”, diz a personal stylist.  Ele deve ficar legal com salto alto e baixo ou poder se transformar num look mais arrumadinho ou mais tranquilo, para o dia e para a noite.


COORDENE AS CORES DAS PEÇAS
Prefira peças com cores que combinem entre si. Se escolher tons coordenados, você terá muito mais opções de looks e não apenas as duas partes de cima para cada parte de baixo. Todas as peças vão dar certo com todas. A dica da personal stylist é escolher um conjunto de quatro cores, que podem ser duas neutras e duas coloridas. “Se todas as peças forem bege, cinza, vermelho e lilás tudo dá certo com tudo. Porque a gente sabe que essas cores dão funcionam entre si”, afirma Fernanda.


DIFERENCIE O ESTILO DOS SAPATOS E BOLSAS
Assim como as outras peças, os sapatos e bolsas também devem ser versáteis e render diferentes combinações. “Se a mala for pequena, você pode pensar em três sapatos que  sejam muito diferente entre si, como uma rasteira, uma anabela e um chinelo de praia”, afirma Fernanda. Esta escolha é muito mais eficiente do que levar três rasteirinhas ou três sandálias. Com a bolsa vale a mesma regra. Leve uma pequena – para usar à noite –, uma grandona – que serve para o deslocamento e para um dia de compras ou que vai sair para bater perna –, e uma média – para usar todos os dias. Quando a gente pensa em praia ou em condições específicas, como um casamento ou um local com neve, as peças para cada loval devem entrar como extra.


PARA O LOOK PRAIA PENSE NA MESMA PROPORÇÃO
O look de praia é um look separado, mas dá para pensar nesta proporção. Você deve considerar quantos biquínis dão certo com qual quantidade menor de saídas. A ideia é escolher saídas versáteis, que funcionem com mais de um biquíni. Um sapato para a praia e uma bolsa são suficientes. Segundo Fernanda, a quantidade de biquíni varia de pessoa para pessoa. Como ele ocupa pouco espaço, não tem problema. Sem exageros, é claro. Segundo Fernanda, o sapato da praia pode ser uma rasteirinha que sirva para sair direto  para o almoço, mas que também funcione bem no happy hour do fim do dia. Um chinelo, para ir e voltar da praia, também pode entrar na mala.


NÃO ECONOMIZE NOS ACESSÓRIOS
“Quando você consegue fazer este conjunto pequeno de peças, mas muito versátil, é muito maravilhoso lotar a mala de acessórios. Aí vale colar, brinco, pulseira, anel…”, diz a personal stylist. As bijouxs ocupam menos espaço e podem dar uma cara completamente diferente ao look. Os acessórios podem viajar dentro dos sapatos ou na bolsa que vai na mala. Sobrou mais algum cantinho? Coloque a sacolinha das bijouxs ali.


EXPERIMENTE TODOS OS LOOKS
Isso mesmo: todos! Assim você prova todas as possbilidades e não corre o risco de levar uma peça que não cai também e, assim, perder um dos looks escolhidos para a viagem. Só o que dá supercerto é que vai para a mala. Assim você não tem nenhuma surpresa ao chegar no destino.


FOTOGAFE OS LOOKS COM O CELULAR
Ao fotografar, você já leva um álbum com todas as combinações prontas e não corre o risco de esquecer as produções definidas. Sem contar que isso é uma maneira de economizar tempo na hora de escolher o que vestir. “Quando pensamos nesta quantidade de partes de e o dobro para as de cima, geralmente fotografamos a quantidade de dias da viagem em forma de looks, mas as combinações rendem muito mais opções”, diz a personal stylist.


ESCOLHA BEM A ROUPA EXTRA
Segundo Fernanda, ao seguir essas recomendações, a mala fica tão econômica que não tem problema colocar um vestido a mais, um macaquinho a mais. “Se der segurança, incluir uma  look extra não vai fazer diferença. Contando que não acrescente uma tonelada de roupa”, diz.


SEPARE O LOOK DA IDA E DA VOLTA
É importante separar um look exclusivo para a ida e um para a volta. A parte de baixo dos looks pode ser a mesma. Mas você não deve contar com eles durante a viagem. “Assim não se preocupa em ficar guardando roupa para voltar no avião, por exemplo”, afirma Fernanda. De acordo com ela, cada pessoa tem um “uniforme” padrão que usa para viajar. Aquele look que acha mais confortável. O sapato deve ser o mais pesado e a bolsa a maior da viagem para que você não precise colocá-los na mala.

Assuntos sobre modelos e agencias de modelos na web: Agencias de modelos Melhores agencias de modelos Altura necessária para as modelos Como entrar para uma Agencia de Modelos Agencias de Modelos Brasileiras Agencia de Modelos do Brasil Lista de Agencias de Modelos Brasileiras Matérias sobre Modelos e o mundo da moda Lista de Agencias de Modelos Modelos Masculinos Empório Armani Online Lista de Agencias de Modelos Agencias de Modelos Agencias de modelos famosas Principais Agencias de Modelos Informações sobre agencias de modelos Informações sobre agencias de modelos e modelos Agencias de Modelos e Top Models Modelos, Agencias de Modelos e Bastidores da Moda Modelos, Agencias de Modelos e Moda Agencias de Modelos, Agencias de Moda do Brasil, Top Models, Modelos Femininos, Modelos Masculinos Vulnerável e Oscilante Moda, Modelos e Agencias de Modelos Veja Fashion Agencia de Modelos e Top Models

Principais Agencias de Modelos do País: FORD MODELS, MEGA MODEL BRASIL, MAJOR MODEL BRASIL, LEQUIPE AGENCE, Way Model